[Resenha] Divergente



Título: Divergente
Autora: Veronica Roth
Editora: Rocco
Páginas: 504
Skoob: AQUI
Minha Classificação:

Sinopse:
Numa Chicago futurista, a sociedade se divide em cinco facções – Abnegação, Amizade, Audácia, Franqueza e Erudição – e não pertencer a nenhuma facção é como ser invisível. Beatrice cresceu na Abnegação, mas o teste de aptidão por que passam todos os jovens aos 16 anos, numa grande cerimônia de iniciação que determina a que grupo querem se unir para passar o resto de suas vidas, revela que ela é, na verdade, uma divergente, não respondendo às simulações conforme o previsto.A jovem deve então decidir entre ficar com sua família ou ser quem ela realmente é.E acaba fazendo uma escolha que surpreende a todos, inclusive a ela mesma, e que terá desdobramentos sobre sua vida, seu coração e até mesmo sobre a sociedade supostamente ideal em que vive.


Resenha: 

Eu amo distopia, e Divergente não foge em nada desse tipo de leitura. Estou precisando dar um tempo do distópico por enquanto, acho que eu estou muito fissurado, hehe. 

Bom, essa resenha vai ser um pouco diferente. Vou falar um pouco de distopia em geral, e depois sobre o Divergente.

Distopia da depressão:
  • Por que sempre tem que ser uma menina? É legal ver a mulher tomando as rédeas da sociedade e sendo a heroína em vez de deixar o machismo dominar o mundo novamente e pacas. Mas não precisa ser sempre assim. Quero MUITO ler uma distopia que o protagonista não seja uma mulher. Por favor me indiquem se souberem de algum.
  • Os livros de distopia são muito parecidos. Vejamos, lemos livro de fantasia: Harry Potter, Senhor dos Anéis, Nárnia. Há universos de diferenças entre esses, enquanto Jogos vorazes, Divergente, Delírio, permanecem sempre com a mesma essência. 
  • A menina é sempre a sem graça. Usa jeans, camiseta e tênis, é estranha, quase sempre pobre ou insignificante diante a sociedade em que vive, e depois ela se transforma na pessoa que irá salvar o mundo e todas as suas qualidades vem a tona.

Não é uma crítica a esse método, pois ele funciona nos livros distópicos, porém o que me incomoda é o enredo ser muito parecido em todos os livros. Em vez de manter algumas pinceladas deixando apenas as colunas do distópico e junto a essas colunas adicionar temas novos os livros vem só com o mesmo tema puro com algumas mudanças aqui e ali.
Eu amo distopia, mas acho que ela seria muito melhor se esses fatores fossem aparados de vez em quando. Apenas manter a essência como acontece com os livros de fantasia, romance, terror e etc..

Sobre Divergente:
     Não me mutilem, mas eu esperava mais desse livro.
     É o livro de distopia com mais enfoque depois de Jogos Vorazes mas eu não entendi o porquê.
    Eu acho essas divisões das facções meio irreais. Sério, não daria certo isso. Acho que tem umas brechas em algumas partes da história. 
     Não que o livro seja chato. Distopias nunca são chatas porque sempre tem muita ação então você acaba se prendendo nas páginas e se envolvendo mais com o livro, no entanto, também não é aquela coisa pra ser comparado tanto com Jogos Vorazes. 
     Quem gosta de distopia certamente vai gostar, assim como eu.  
       
      E vocês, curtem distopia? Já leram algo do gênero? Deixem nos coments ;D
      Abraços



4 comentários:

  1. Eu adoro distopia e esse Divergente é ótimo!! ;)

    Passa lá no meu blog: http://migre.me/du0Iv

    ResponderExcluir
  2. Eu até gosto de distopias, mas tenho lido poucas esses ultimos tempos, por algum tipo de descrença que tenho (ou desanimo, se preferir) quando leio algo sobre elas. Já li Divergente e gostei, mas não achei TUDO que falam. Claro, pode ser que tenha sido uma coisa de momento e que eu não tenha aproveitado a leitura tanto quanto podia, mas por enquanto, minha opinião é essa mesmo.
    Legal você mostrar sua opinião, mesmo tendo o risco de ser perseguido por alguns. Valorizo isso. Enfim, ficou legal.

    Beijos,

    Shake Your World

    ResponderExcluir
  3. Cara, não vejo a hora de ler esse livro \o/

    www.booksandmoviesandthings.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Ainda não tive oportunidade de ler, mas já está na minha lista para leitura.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir