[Resenha] Amor No Ninho


Título: Amor no Ninho - livro 01
Autor: Maribell Azevedo
Editora: Kalango
Páginas: 324
Skoob: AQUI
Minha Classificação: 

Sinopse:
E se você fosse escolhida, para ser irmã do amor de sua vida? Num mesmo ninho, podem nascer diferentes tipos de amor. Irmãos adotivos, Marina e Daniel se tornam grandes amigos. O tempo passa e à medida que eles crescem a semente do amor, enraizado em seus corações desde a infância, começa a germinar, desafiando assim as regras impostas por seus pais. Ao tentar viver esse amor, o futuro se revelará traiçoeiro e cheio de armadilhas. Eles estarão preparados, para enfrentar todos os desafios que o destino lhes apresentar? Daniel e Marina uma surpresa, o conflito, um segredo e a oportunidade de viver um “Amor no Ninho”." 
Resenha:


Toda vez que pegava esse livro para ler, sentia uma energia muito boa emanando dele, sentia que iria me apaixonar, e me encantar totalmente pelos personagens. A autora simplesmente me surpreendeu com a abordagem do assunto retratado no livro, já que não é um tema muito comum hoje em dia. Então, continue a ler essa singela resenha (sim, singela pois nunca terei palavras suficientes para expressar o que esse livro causou em mim) e tire suas próprias conclusões sobre o mesmo. Já vou logo avisando: cuidado para não se apaixonar!
Mariana é uma menina neta de brasileiros que acaba sendo adotada pela família inglesa, Harrison, ainda quando pequena. Quando a garota adentra a casa pela primeira vez e se depara com um garotinho, dois anos mais velho, descendo as escadas, simplesmente sente uma atração enorme pelo tal Daniel. O jeito como a autora descreve as cenas, é perfeito, sem mais!
O título, como já deve ter percebido, se refere ao amor que nasce dentro da própria casa, do ninho onde os personagens principais estão inseridos. O livro discorre como um diário da garota, porém, a partir do momento que o amor dos dois é revelado, o enredo passa a ocorrer tanto com a narração de Mariana quanto a de Daniel, somados à narração da relação de Shanti - melhor amiga de Mari - e de Lance - melhor amigo do Dan. 
Os dois irmãos se completam, não tem como negar. O livro te faz ver que as coisas vão ser melhores se o amor deles germinar. E isso acontece! Fiquei mega feliz quando os dois decidem se amar, à princípio às escondidas, mas resolvem contar assim que surgisse uma oportunidade. 
"Olhei pra ele só por um segundo, antes de nos atirarmos nos braços um do outro. Sua boca se movendo urgente junto à minha, cada célula do meu corpo clamava por ele, por suas mãos habilidosas, por seu toque, por seu olhar cheio de carinho, por seu abraço aconchegante. Mas não era só isso, era muito mais que apenas desejo físico, mais que satisfação, era a necessidade da sua presença, da sua personalidade sensível e inteligente, do seu senso de humor único e de tantas outras características que admirava nele."
Outro fato que acho importante destacar, é com certeza as cenas hots! Como os dois tem que conviver na mesma casa e não podem demonstrar o que sentem, quando eles tem um tempo vago, haja descrição melhor das cenas do que a Maribell faz! Por isso não recomendo o livro para crianças, justamente por conter essas descrições mais detalhistas. 
"Ficamos ali, abraçados por algum tempo, como que temerosos de nos afastarmos. Sabíamos que, ao sair dali, teríamos que voltar a usar nossas máscaras, tínhamos consciência de que seria doloroso, porém sabíamos que valeria a pena. E foi essa certeza que nos deu força para sair do carro e enfrentar o que viesse pela frente. Juntos.” 
Falei um pouco do começo, um pouco do meio do livro e faltou o final, não é mesmo? O final é surpreendente, chorei horrores! Saiba você, Maribell que esse livro, que se tornou meu favorito assim que terminei a última página, me tirou horas de sono pensando no que eu faria se estivesse na pele desses personagens, ahah! 
Na minha opinião, a autora foi super em não comentar muito sobre o preconceito que existe em dois irmãos se amarem, mas focar na atração que um sentia pelo outro! Diferente de outros romances como os do Sparks, Amor no Ninho não é um livro que você adivinha o que irá acontecer: a cada virar de página, o desconhecido dá as caras! Agora é esperar a caridade da autora para me enviar o segundo volume da série e sanar a minha curiosidade e a de vocês!

Booktrailer:





Sobre a Autora: 

Graças aos meus pais tive uma infância cercada de livros, fui incentivada a ler mesmo antes de ser alfabetizada, o que esperava com ansiedade que acontecesse. Então depois que aprendi a ler e fiquei segura o suficiente para escrever e formar frases com sentido, comecei a fazer diários. Guardo até hoje o primeiro diário que ganhei de meu pai, tinha uma singela ilustração na capa grossa, além de cadeado e chave prateados, mas a chave a muito se perdeu e sabe-se lá onde. Devia ter 8 anos quando iniciei e depois vieram muitos outros.
Não sabia (como ainda não sei) porque escrever era tão importante pra mim, só sentia que era uma necessidade muito particular, algo que me proporcionava enorme satisfação. Na adolescência comecei a escrever romances, inspirada no que lia na época e por estar vivendo aquela fase romântica e sonhadora que a maioria das jovens passam; características que me acompanham até hoje. Mas por vários anos, nunca mostrei a ninguém nada que produzia por questão de pura timidez. Foi nessa época que ouvi pela primeira vez, de minha avó que me observava com atenção, que um dia poderia escrever um livro, como já havia feito meu avô.
Por nunca encarar a possibilidade de que aquilo que escrevia pudesse ser apreciado por outros, acabei optando por estudar algo que também gostava muito, história e arte no curso de bacharelado em Museologia na Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. [mais]


Deixe sua opinião nos comentários!
XOXO



8 comentários:

  1. Parabéns pela resenha Natalia! Já li Amor no Ninho e amei! Estou ansiosa para ler Amor Inteiro! Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Agradeço a resenha tão carinhosa e empolgante!
    Sempre fico muito feliz quando o leitor compreende tão bem a mensagem e a traduz com tanta generosidade.
    Muito obrigada!
    Bjks...

    ResponderExcluir
  3. Oi! Te indiquei num meme lá no meu blog! Vem ver!
    http://leituraaocubo.blogspot.com.br/2013/01/meme-campanha-de-incentivo-leitura.html

    ResponderExcluir
  4. Adorei a resenha! Gostei muito de Amor no Ninho também, e estou louca para ler a continuação, espero que a Maribell possa nos surpreender ainda mais.

    Beijo:*
    Naty.

    ResponderExcluir
  5. E aí! Indiquei seu blog para um selinho \o/
    Espero que goste: http://umsimplesleitor.blogspot.com.br/2013/01/selinho-2.html

    Abraços!

    ResponderExcluir
  6. Olá tudo bem? tem selinho para você no meu blog! bjs
    http://minhaestanteliteraria.blogspot.com.br/2013/01/novo-selinho.html

    ResponderExcluir
  7. Oi, Natalia!
    Bom, a sinopse do livro não me atraiu tanto, mas a sua resenha está tão legal que não tive como não sentir uma pontinha de curiosidade. Eu adoro livros com finais surpreendentes e não tem nada melhor do que uma história bem escrita. Quem sabe algum dia eu dê uma chance (:
    Beijo, Larissa
    Another Words
    http://anothersimplewords.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Oi, querida. Gostei muito de ler sua bem escrita e argumentada resenha. O tema escolhido pela autora é forte, mas pelo visto foi bem trabalhado.
    Beijos


    P.S: Aproveito a oportunidade para anunciar que tem sorteio de livro nacional. Venha apoiar. http://marlicarmenescritora.blogspot.com.br/2013/01/sorteio.html

    ResponderExcluir