[Resenha] Assassin's Creed Renascença




Título: Assassin’s Creed - Renascença
Autor: Oliver Bowden
Ano: 2011
Páginas: 378
Preço: R$26,90 (Submarino)


Sinopse:

Traído pelas famílias que governam as cidades-estados italianas, um jovem embarca em uma jornada épica em busca de vingança. Para erradicar a corrupção e restaurar a honra da família, ele irá aprender a Arte dos Assassinos.
Ao longo do caminho, Ezio terá de contar com a sabedoria de grandes mentores, como Leonardo da Vinci e Nicolau Maquiavel, sabendo que sua sobrevivência depende inteiramente de sua perícia e habilidade.
Para os aliados, Ezio se tornará uma força e mudança, lutando por liberdade e justiça. Para os inimigos, ele se transformará em uma ameaça, dedicado de corpo alma à destruição dos tiranos que oprimem o poço italiano.
Assim começa uma épica história de domínio, vingança e conspiração. Embarque nessa aventura cheia de mistérios e de lutas pelo poder, e faça parte também do Credo dos Assassinos.


Resenha:

Onde eu estudo, a gente é livre para escolher o livro que quiser ler para depois ser avaliado, e a nossa turma escolheu Assassin’s Creed Renascença, pois queríamos ver se as críticas a respeito do livro eram verdadeiras. Elas diziam que até mesmo quem não gostava de ler, se apaixonava por esse livro.
Comecei a lê-lo com vontade, pois sabia que iria gostar, segundo as críticas. O início é intrigante, Ezio Auditore, um jovem de 17 anos que tem uma gangue na Renascença Italiana, tem seus próprios inimigos, que mais tarde descobrirá que são templários, e morre de amores pela jovem Cristina Calfucci.
O enredo é excelente: uma irmandade que combate o poder dos templários. Nesse primeiro livro, Ezio conhece o Credo e começa a ingressá-lo, combatendo a família Pazzi e mais tarde os Bórgia. Há uma incrível junção com a igreja católica, o que torna tudo mais eletrizante.
Até lá pela página 50 o livro é bom, depois que Ezio descobre da Irmandade dos Assassinos e tudo o mais, o livro é só mortes e mortes. Chega uma hora que você se pergunta: e agora, quem ele vai matar?
Enrolei-me muito para terminar de ler, porque ele se torna monótono ao longo das páginas. Tinha tudo para dar certo: uma história para lá de interessante, mas parece que o livro é só um rascunho, os diálogos são precários, enfim, parece que o autor teve pressa para escrevê-lo, e, portanto escreveu-o mal. Resumindo, as críticas no meu caso, estavam erradas. 

Leia o Primeiro Capítulo

View more documents from Natalia_Antesdeler.


Minha classificação: ★★



4 comentários:

  1. Natália, acho que vc deve mudar seu design todo. Caso vc queira tenho uma amiga se super confiança que faz o meu e poder fazer o seu tbm! Quer?
    Nao tem problema vc ir lá me pedir ajuda nao meu amor, estou aqui para ajudar (: beijos, Lo

    ResponderExcluir
  2. Ganhei esse livro de um amigo meu, mas até agora não o li...
    Ainda estou um pouco apreensiva... kkk

    Beijos
    Tífany http://osamantesdaleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Ai que pena! Eu tava com tanta vontade de ler esse livro. Me interessei pelo fato de ser histórico mas de um jeito totalmente diferente (conheço basicamente a história do jogo). É uma pena que não investiram tanto na história..

    ResponderExcluir
  4. Ai que pena! Eu tava tão ansiosa pra ler esse livro. Achei que fosse ser interessante pelo fato de incluir a História de um jeito diferente. É uma pena não terem investido muito no enredo..

    ResponderExcluir