[Resenha] Melancia


Melancia

Nome: Melancia
Autor: Marian Keyes
Ano: 2009          
Páginas: 490
Preço: R$14,90 (Submarino)

Sinopse:

O maior sucesso de Marian Keyes. Com este romance engraçadíssimo e irreverente, a autora irlandesa Marian Keyes conquistou milhares de leitores no Brasil e no mundo. A protagonista Claire tem 29 anos, uma filha recém-nascida e um marido que acabou de confessar o seu caso de mais de seis meses com a vizinha também casada. Claire se resume a um coração partido, um corpo inteiramente redondo, aparentando uma melancia, e muita depressão, bebedeira e choro. Mas ela decide avaliar os prós e contras de um casamento desfeito depois de três anos e quando começa a se sentir melhor, o ex-marido reaparece para convencê-la a assumir a culpa por tê-lo jogado nos braços de outra. Claire vai recebê-lo, no entanto reservará uma bela surpresa para o ex. 

Resenha:

Antes de comprar esse livro, já havia lido várias criticas negativas em relação a ele, mas como trabalhos de universidade são um pouco mais relevantes do que criticas, tive que comprá-lo. Demorei quase 1 mês para lê-lo.
Bom, a história é bem simples e retrata situações semelhantes de hoje em dia. Claire, vai para o hospital para ter sua filha, Katy. Ainda quando estava em recuperação, seu marido James vai até ela e confessa que estava tendo um caso com a vizinha, e abandona Claire, sem casa, sem nada, apenas com uma criança de colo.
Ela, não vendo outra solução vai para a casa de seus pais. Lá ela passa os piores dias de sua vida: bebedeiras e choradeiras por causo do ex-marido. Até o dia em que sua irmã Helen leva um colega de faculdade para jantar em sua casa: olhos verdes, corpo escultural, Claire logo se apaixona por Adam.
Mas James não demora a aparecer e a dizer que tudo tinha sido culpa dela. Claire fica com uma ponta de culpa, mas logo se toca de que a culpa realmente foi de James, pois se ele realmente amasse Claire, não a teria abandonado.
Os dois combinam de se encontrar novamente, e logo estão vivendo uma história de amor. Porém Adam sempre insistia em saber sobre James, até que um dia Claire lhe conta, e para sua surpresa, Adam confessa que também tem uma filha e que, a partir daquele dia ele teria que cuidar dela, uma vez que a mãe da criança queria retornar a sua vida normal.
Então os dois decidem se casar e ter uma vida normal com duas filhas lindas.
E simples assim é o final do livro. Não gostei, admito. Marian enrola demais e a maioria da obra é os lamentos de Claire. Não recomendo pra quem tem coisas melhores para ler ou fazer. 

Minha classificação: ★ 

0 comentários:

Postar um comentário